domingo, 30 de setembro de 2012

Mão no Arado e dúvidas acerca do trabalho

"E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus."
Lucas 9:62


Essa passagem é uma das que mais me falam ao coração, pois durante muito tempo, peguei no arado e olhei para trás, por fugir do meu chamado, por agir de maneira como se náo tivesse nenhuma responsabilidade com Deus, e muitas vezes com saudades do velho homem ou das coisas que ficaram para trás.
 
Jesus fala essas palavras logo depois que alguns jovens se inclinam para participar com Ele do trabalho que estava desenvolvendo, mas mesmo dispostos a realizar o trabaho com o Senhor, existiam alguns poréns, o primeiro queria enterrar um familiar e outro queria se despedir daqueles que ficaram em casa.
 
A minha história tem algo parecido, não no fato de ter que enterrar alguém ou me despedir, mas no fato da renitência, no fato de tentar de alguma forma atrasar ou capitular o trabaho com o Senhor, o Pastor Miguel Cox, certa vez me falou que o chamado pastoral nunca é aceito de imediato, e que o futuro pastor não se acha preparado, ou mesmo não quer ter tal responsabilidade.
 
Porém, uma outra leitura que eu faço e que talvez seja a que Deus quer que eu compartilhe com vocês, é que muitas vezes nos decidimos a caminhar com Cristo, decisão tomada, tudo acertado, mas daí vem a lembrança das bebedices, das farras, do sexo fácil e então a pessoa olha para trás, e saudosa se pergunta "será que é isso que eu quero mesmo?" Pronto, melou tudo, esse sentimento passa a não te fazer apto para o reino de Deus, mas você pode se perguntar "só isso e eu perco o reino?", naquele momemto sim, mas como nosso Deus é misericordioso, basta que você se arrependa e como num passe de mágica, você volta a ter direito ao Reino de Deus.
 
Jesus nos quer por inteiro, assim como Ele se entregou por inteiro por nós, com Cristo não houve meio termo, a coisa mais preciosa que alguém pode ter, que é a sua vida, Ele doou por amor de nós.
 
A Palavra de Deus nos diz que não podemos servir a dois senhores, pois agradaremos a um e aborreceremos a outro, colocar a mão no arado e olhar para trás é ficar em cima do muro, tipo, se o arado ficar pesado, se o chão for muito pedregoso, eu largo o arado e volto para minha vida antiga, onde a vida é mais fácil e o trabalho mais leve.
 
Queridos leitores, minha oração é que esqueçamos da vida antes do arado, pois nova vida se faz neste momento, porém se pensa em largar o arado, não pegue, melhor é não pegar do que pegar e não ser apto. Deus nos abençoe, o arado pode parecer pesado, o chão duro e sem futuro, mas com o tempo, a medida que você trabalha no arado, o fardo se torna mais leve e o chão começará a dar frutos deliciosos e os quais você poderá distribuir com todos que convivem com você e esse fruto trará nova vida em Cristo. 

Graça e Paz, que o exemplo de Jesus Cristo nos inspire a sermos pessoas melhores.

Bruno Freitas (Carioca)
Servo inútil / Seminarista / Dentista

4 comentários:

  1. Toda vez que leio algo sobre "não olhar para trás" lembro daquela passagem (Gênesis 19) em que Deus manda Ló sair da cidade em que ele estava e não olhar para trás. Em um ato de desobediência a mulher de Ló olha para trás e vira uma estátua de sal. Vejo que em diversos momentos agimos como a mulher de Ló, olhando para trás e nos apegando ao que já passou. Quando fazemos isso, ficamos estáticos, estagnados. O Senhor faz tudo novo, todos os dias e em todos os momentos que nos arrependemos. Através da graça que temos em Deus nossos pecados são jogados no mar do esquecimento. Temos que estar sempre pedindo ao Senhor que não desviemos nossos olhos porque o melhor ainda está por vir.

    ResponderExcluir
  2. Amém Larissa, isso me veio a memória também.

    ResponderExcluir
  3. Isso me faz lembrar também as palavras de Jesus, por meio do apóstolo João, para a igreja de Laodicéia: "Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca." (Apocalipse 3:15-16)
    Às vezes durante o nosso caminhar nós tiramos férias de Deus. Parece até que já fizemos o suficiente e precisamos tirar uma folguinha. Ou até mesmo nos conformamos com nossa falta de santidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ë impressionante como Deus é perfeito e aperfeiçoa aquilo que Ele quer, pois, por incrível que pareça, tanto a passagem que você comentou, como a de Larissa eu estava pronto para colocar no texto, mas achei que ficaria muito grande ou ainda muito contundente, no caso desta última, mas como Deus sabe o que quer, o que eu não coloquei Ele complementa, até por que oblog é dele, não é mesmo. Amém pelo comentário o apoio de vocês são importantíssimos.

      Excluir